mybest Brasil e pesto de brócolis

 

Este mês recebi um convite da mybest Brasil para escrever uma resenha de um azeite de oliva. O escolhido e minhas impressões sobre ele você pode ver clicando aqui.

A mybest é um site de recomendação de produtos de todo tipo, então, caso você esteja em dúvida sobre algum produto, dê uma olhadinha no site ou nas redes sociais.

Achei que não seria justo vir aqui só para dividir essa novidade (o primeiro convite a gente nunca esquece, mas mesmo assim tem que deixar registrado!) e não postar nenhuma receita preparada com o azeite em questão.

Escolhi algo rápido e prático, mas que não deixa de ser bem saboroso. Como contei anteriormente, estou priorizando receitas que não contenham nenhum ingrediente de origem animal, mas se você consome queijo pode acrescentar ao pesto. Eu posso afirmar que não faz falta nenhuma

O pesto de brócolis é menos gorduroso que o tradicional e o seu sabor é bem mais suave. Também contém fibras, vitaminas e minerais


Ingredientes:

1 bouquet de brócolis cortado em floretes - 200g

80 ml de azeite de oliva extravirgem

1 dente de alho pequeno

1 colher (sopa) de suco de limão

5 azeitonas verdes grandes picadas

manjericão a gosto - usei o galhinho da foto

sal a gosto


Modo de preparo:

Cozinhe os floretes de  brócolis em água fervente até começarem a ficar macios.

Escorra a água e deixe amornar. 

Em um processador, coloque todos os ingredientes e bata rapidamente até obter uma pasta. 




Receita quase nada modificada do livro Molhos com Azeite de Oliva Espanhol

Servi o pesto acompanhado de uma massa simples. Rende 3 porções.

Cheesecake vegano


Ingredientes:

para a base

3 colheres (sopa) de avelãs (caso prefira, substitua por amêndoas) 

4 tâmaras desidratadas e sem caroço


para o recheio

½  xícara de castanha de cajú sem sal (hidratadas por no mínimo 6 horas)

¼  xícara de água filtrada

½  colher (chá) de extrato de baunilha ou a gosto

2 colheres  (sopa) de açúcar ou a gosto

raspas de 1 limão siciliano

1 colher (sopa) de suco de limão siciliano

1 pitada de sal


Cobertura:

1 manga espada pequena *


Modo de preparo:


Base

Em um processador bata as tâmaras e as avelãs até formar uma espécie de farofa bem úmida.


Recheio

Escorra a água das castanhas e lave-as em água corrente. Coloque as castanhas e a água em um liquidificador e bata até formar um creme homogêneo. Acrescente os demais ingredientes e bata novamente até misturá-los por completo.


Cobertura

Corte a manga em pedaços e faça um purê dela. Se ela estiver bem madura poderá fazer isso facilmente com uma faca ou, caso seja necessário, utilize um processador.


Montagem:

Divida a mistura de avelãs com tâmaras em 2 dois recipientes e aperte para formar a base do cheesecake. Coloque por cima o recheio e cubra com o purê de manga. 

Deixe gelar por no mínimo 4 horas.


Rendimento: 2 porções



*Caso prefira, substitua a manga por outra fruta ou geleia.


Sopa de abóbora com grão de bico

Não me recordo de ter comido uma sopa de abóbora tão gostosa como essa.
A combinação dos ingredientes resultaram em um sabor fantástico e memorável. Claro que a minha preferência por sabores adocicados contribuiu bastante para esse fato, mas, mesmo assim, peço que deem um voto de confiança e façam essa receita. Aproveitem que ainda podemos curtir os últimos dias de frio e aqueçam, além do estômago, o coração.

Ingredientes:
400g de purê de abóbora
1 pimentão vermelho assado e sem pele
1 colher (sopa) de azeite
2 dentes de alho picado
1 cebola média picada
120 ml de leite de coco caseiro
350 ml de caldo de legumes
sal e pimenta do reino moída na hora a gosto
¼ colher (chá) de canela Modo de preparo:
Em uma panela, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho. Adicione os ingredientes restantes e deixe cozinhar até a sopa ficar levemente quente. Transfira o conteúdo da panela para um liquidificador e bata até formar uma mistura homogênea.
Volte a sopa para a panela, ajuste o sal e os temperos, e deixe ferver. Grão de bico para acompanhar Ingredientes: 1 xícara (chá) de grão de bico cozido e drenado 1 colher (sopa) de azeite 1 colher (sopa) de molho de soja 1 colher (chá) de molho de pimenta (sriracha)
Espelhe o grão de bico na assadeira e leve ao forno por 20 minutos ou até dourar e ficar um pouco crocante.
1 colher (sopa) de melado 1 colher (chá) de páprica defumada. Modo de preparo: Preaqueça o forno a 200 ºC. Forre o fundo de uma assadeira com papel manteiga. Seque bem o grão de bico com papel toalha. Coloque o grão de bico em um bowl e adicione todos os ingredientes. Misture bem.
Espalhe o grão de bico na assadeira e leve ao forno por 20 minutos ou até dourar e ficar um pouco crocante.
Receita quase nada modificada daqui.

Bolo de Tangerina



Ingredientes:

200 ml de suco de tangerina

120g de farinha de trigo integral

80g de farinha de aveia

160g de açúcar *

30g de coco em flocos (úmido, de preferência)

3 ovos orgânicos

casca de 1 tangerina

1 colher (sopa) de fermento em pó


Modo de preparo:


Preaqueça o forno a 170 ºC.

Limpe bem a casca da tangerina retirando toda a parte branca interna (uso uma escovinha para facilitar).

Liquidifique o suco, a casca, o açúcar e os ovos até virar uma mistura homogênea.

Em um bowl, coloque a farinha de trigo, o coco e a aveia e, aos poucos, acrescente a mistura líquida. Mexa a cada adição.

Acrescente o fermento, mexa novamente, e coloque a massa em uma forma untada e enfarinhada.** Leve para assar por aproximadamente 40 minutos. Faça o teste do palito antes de retirar o bolo do forno.


*Eu usei açúcar mascavo, mas caso não tenha, pode substituir pelo demerara ou refinado.

**Usei uma forma de 18cm de diâmetro com furo central.


Sopa cremosa de batata doce com couve

Sopa em dia frio é como um abraço apertado quando a gente está com o choro preso na garganta. É simplesmente reconfortante, pois deixa até o coração quentinho.

Passamos dias bem gelados aqui e eu só pensava em uma sopa bem cremosa para me aquecer, exatamente como essa.

Eu costumo ter caldo de legumes caseiro congelado e eu acho que faz diferença no sabor do prato, mas se não tiver use água no lugar. 


Ingredientes:

4 folhas de couve Cheiro Verde Orgânicos picadas em tirinhas finas

1 batata doce grande sem casca e em pedaços

100g de linguiça calabresa - optei pela vegana

1 litro de água ou caldo de legumes *

1 colher (sopa) de azeite de oliva ou óleo

½ cebola média picada

1 dente de alho médio picado


Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça metade do azeite e refogue a calabresa. Retire a calabresa da panela e reserve. Coloque o restante do azeite e refogue a cebola e o alho. Acrescente os pedaços de batata e misture.  

Despeje a água ou o caldo de legumes, ajuste o sal e deixe ferver, com a panela tampada, até que os pedaços de batata estejam bem cozidos. 

Desligue o fogo e liquidifique a sopa até formar um creme liso. Volte a sopa para a panela, junte a couve e a calabresa e deixe cozinhar por cerca de 3-5 minutos.

Sirva em seguida.



* A quantidade de líquido pode variar conforme o tempo de cozimento da batata. Se precisar, acrescente caldo aos poucos.


Rendimento: 2 porções.  


Pão de "queijo"


Provavelmente vocês já devem conhecer essa receita de pão de mandioquinha da Bela Gil. Inclusive a empresa Mãe Terra comercializa ele em caixinha, para preparar em casa, acrescentando apenas alguns ingredientes. É semelhante ao pão de queijo. 
Eu costumo acrescentar 2 colheres (sopa) de levedura nutricional para ficar com um saborzinho de queijo.
É super simples de preparar e também dá para congelar e assar na hora de consumir. 

Ingredientes:
200g de polvilho azedo
300g de polvilho doce
100 ml de azeite de oliva - a receita original pede 150 ml
500g de mandioquinha cozida e espremida
1 colher (chá) de sal
½  colher (sopa) de folhinhas de orégano fresco
½ colher (sopa) de folhinhas alecrim fresco
1 pedacinho de cúrcuma*
⅓ xícara de água 
2 colheres (sopa) de levedura nutricional sabor queijo

Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 180 ºC.
Liquidifique a cúrcuma com a água. 
Em uma vasilha, coloque os dois tipos de polvilho, o orégano, o alecrim, o sal, a levedura e a mandioquinha. Aos poucos, enquanto mistura, vá acrescentando a água. A massa deve ficar homogênea e não grudar nas mãos.
Faça bolinhas do tamanho desejado e leve para assar por aproximadamente 20-25 minutos.**

*Pode substituir por 1 colher (chá) de cúrcuma em pó. Não precisa liquidificar, basta acrescentar aos ingredientes secos.
** Na receita original, depois de 20 minutos assando, recomenda-se aumentar a temperatura do forno (205 ºC) para dourar os pãezinhos. Forno elétrico com aquecimento superior não precisa aumentar a temperatura, basta ligar a função dourador quando passar os 20 minutos.

O rendimento varia conforme o tamanho da bolinha que fizer.
Receita daqui.

Pesto de manjericão com agrião



Estou procurando receitas que não tenham tantos ingredientes de origem animal.

Para isso tenho testado algumas receitas e nem sempre o resultado é satisfatório. Esse nhoque da foto, por exemplo, foi uma decepção total. Ficou horrível, virou uma verdadeira papa de batata doce com gosto de farinha de arroz.

Eu já preparei nhoque, mas foi feito com ovo e, desta vez, queria algo vegano.

Já o pesto me surpreendeu, pois até então só conhecia o sabor do que é preparado apenas com manjericão.

A receita é uma adaptação do pesto de rama de cenoura da Bela Gil. Dá para preparar e congelar sem problemas. 

A Bela usou sementes de abóbora no pesto e eu achei super interessante, pois o custo é bem menor que usar nozes. Experimente misturar um pouco de cada. Fica bem gostoso!


Ingredientes:

50g de agrião Cheiro Verde Orgânicos (metade da embalagem)

1 embalagem de manjericão Cheiro Verde Orgânicos 

½ xícara (chá) de semente de abóbora ou nozes

½ xícara (chá) de azeite de oliva

1 dente de alho amassado

sal a gosto


Modo de preparo:

Corte com as mãos as folhas do agrião. Coloque o manjericão e o agrião em um processador e pulse rapidamente apenas para triturar um pouco as folhas. Acrescente os demais ingredientes e volte a bater até obter uma mistura não muito homogênea - deixe ficar alguns pedacinhos dos ingredientes.


Sopa creme de espinafre



 
Oi! 
Nem vou tentar explicar o meu sumiço por aqui  porque já está ficando feio mas, se vale como desculpa, eu tenho me dedicado um pouco mais no Instagram. Vai lá também para conseguirmos bater um papo bem gostoso.
Bem, o inverno chegou e trouxe com ele a vontade de comidinhas do tipo comfort food. E sopa é muito comfort food! 
Essa receita foi feita sem usar qualquer tipo de alimento de origem animal, então, para deixá-la mais cremosa, eu coloquei batatas e o gostinho de queijo vem da levedura nutricional. * Já o espinafre vem de uma empresa, a Cheiro Verde Orgânicos, que cultiva alimentos orgânicos aqui em Floripa, mais precisamente no bairro Ratones. Juntas criamos as receitas que irão deixar esse inverno mais saudável e saboroso.
Experimente, ao servir a sopa, salpicar sementes de abóbora por cima. Isso garante uma crocância deliciosa. 
 
Ingredientes:
1 embalagem de espinafre Cheiro Verde Orgânicos 
300g de batata inglesa descascada em pedaços
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
1 colher (sopa) de azeite de oliva ou óleo
600 ml de caldo de legumes caseiro
sal a gosto
 
Modo de preparo: 
Pique as folhas e os talos do espinafre.
Em uma panela, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho. Acrescente os pedaços de batata e misture. 
Despeje o caldo de legumes, ajuste o sal e deixe ferver, com a panela tampada, até que os pedaços de batata estejam bem cozidos. 
Acrescente o espinafre e deixe cozinhar por mais dois minutos. Bata a sopa no liquidificador até ficar homogênea.
 
Rendimento: 3 porções.
 
*Não faz parte dos ingredientes, mas costumo colocar essa levedura quando sirvo a sopa. Acho dá um gostinho muito bom em várias preparações.  

 

Poke vegano de shimeji



Coloquei na cabeça que iria preparar meu primeiro poke, depois de ter experimentado um maravilhoso. Escolhi alguns dos ingredientes que mais gosto e fui procurar como fazer sunomono no youtube.

Demorei tanto para picar tudo bem pequenininho e montar o poke, que não vou ter vontade de preparar outro tão cedo. Mas uma coisa eu não posso negar: é uma verdadeira bomba de nutrientes que fazem bem para o nosso organismo. Eu poderia comer esse tipo de comida todo dia, mas, parafraseando o carteiro Jaiminho, quero evitar a fadiga.

Ingredientes:

para o sunomono de pepino
1 pepino japonês 
1 colher de açúcar
1 colher de vinagre de arroz
1 pitadinha de sal

Em uma panelinha, aqueça o vinagre e o açúcar. Retire o fogo, misture bem até dissolver todo o açúcar e deixe esfriar. Corte o pepino em rodelas bem fininhas (usei um mandoline) e coloque-o em uma tigela pequena com tampa. Salpique o sal, misture delicadamente e despeje a mistura de vinagre e açúcar sobre pepino.
Tampe a tigela e leve para gelar até montar o poke.

Obs: o sunomono dura até 3 dias na geladeira sem estragar.

para o shimeji
250g de shimeji 
1 ½ colher (sopa) de azeite de oliva 
cebolinha a gosto - usei ciboulette, pois é mais fininha
Sal a gosto

Lave os cogumelos em água corrente, sem deixá-los de molho. Esfregue-os delicadamente, escorra-os e enxugue-os com um pano limpo.
Lave e escorra a salsa. Descasque e pique o alho com a salsa.
Refogue os cogumelos numa frigideira bem quente com ½ colher (sopa) de azeite de oliva. Mexa de vez em quando até que os cogumelos tenham depurado sua água. Escorra-os e seque a frigideira com um papel absorvente.
Aqueça o azeite restante com a manteiga na frigideira, adicione os cogumelos e a mistura de salsa e mexa delicadamente, deixando cozinhar por alguns minutos em fogo baixo. Tempere com sal e pimenta-do-reino.

para montar o poke
4 colheres de (sopa) de quinoa cozida - pode ser grão de bico, lentilha, etc
um punhado de mix de folhas baby
1 cenoura pequena ralada
10 tomates-cereja cortados ao meio
1 manga pequena e firme cortada em cubinhos
1 avocado fatiado
shimeji salteado
sunomono de pepino
gergelim preto torrado para salpicar
molho shoyu a gosto

Montagem:

Em um bowl, comece colocando a quinoa e em seguida vá dispondo os ingredientes de modo que fiquem todos aparentes. Finalize colocando o molho por cima. Sirva imediatamente.
Rende 2 porções generosas.



Salada de repolho roxo e manga no pote


Prometi que iria compartilhar esse meu processo e eis que aqui me encontro. Gente, não é nada fácil. Aliás, eu sabia que não seria fácil, mas eu não tinha noção do quanto seria difícil.
Perder peso é um processo muito mais lento do que eu imaginava. Ainda mais por ter optado pela reeducação alimentar e não por fazer dieta restritiva.
O lado bom é que, optando pela reeducação, você aprende a se alimentar corretamente e dificilmente voltará a ganhar peso.
Esta semana conheci o trabalho de uma nutricionista que prepara marmitas veganas e fiquei apaixonada pelo sabor da comida. O cardápio é super diversificado e só tem ingredientes do bem. Vou fotografar uma dessas marmitas para postar no Instagram. Aliás, tenho postado algumas receitas e dicas super fáceis relacionadas a alimentação saudável no insta. Quem tiver vontade de conhecer é só procurar por @studio1422
Bom, sobre a receita, hoje trago uma salada no pote bem fácil de fazer e que combina bastante com o verão. Pode acrescentar também abacaxi cortado em cubinhos que fica uma delícia. Eu não posso comer abacaxi e por isso não coloquei.
Acredito que todo mundo já conhece esse tipo de receita, mas achei tão bacana a dica que li em uma revista que resolvi compartilhar.
Quando for montar a sua salada, comece sempre pelo molho ou então leve-o à parte. Na segunda camada entram os alimentos que podem ficar em contato com o molho sem sofrer alterações, como por exemplo os legumes, grãos ou carnes (cortadas ou desfiadas). A terceira camada pode ser preenchida com alguma fruta picada (manga, tomate, etc). Finalize a última camada com as folhas como alface, rúcula, agrião, etc.

Ingredientes:
¼  repolho roxo pequeno fatiado bem fininho
5 tomates-cereja cortados ao meio
1 manga espada cortada
4 nozes ou castanhas-do-Pará
2 tâmaras ou 1 colher (sopa) de uvas-passas
um punhado de mix de folhas baby
um punhado de broto de alfafa

Para o molho:
1 pote de iogurte vegetal ou grego
2 colheres (sopa) de suco de laranja
raspas de ½  limão
sal a gosto

Modo de preparo:
Coloque as tâmaras para hidratarem em uma tigelinha com água por aproximadamente 20 minutos. 
Pique as nozes e as tâmaras em pedacinhos bem pequenos e, em uma tigela, junte com todos os ingredientes do molho e misture bem. Reserve.
Monte a salada dentro de um pote, começando pelo molho, a manga, o repolho, os tomates e finalize com as folhas.

Rende 2 porções. 
Receita inspirada no livro Detox dia a Dia, de Astrid Pfeiffer. Editora Alaúde.