segunda-feira, 31 de maio de 2010

Especiarias Doces e Oba! juntos no dia mundial do meio ambiente

O post não é sobre produtos nem sobre receitas. Hoje vou falar de uma Entidade que se preocupa com o bem-estar animal e não tem fins lucrativos, a Oba! Para quem ainda não conhece o trabalho deles, deixo aqui um link. Entre tantos projetos que a Oba! realiza (eventos de adoção de animais, bazar, mutirão mata-fome de animais etc.) está o Cão Terapia, todas as tardes de sábados (se não estiver chovendo) no Canil da Prefeitura de Florianópolis.
Nesse sábado, dia 05 de junho*, a Oba! vai realizar um evento no Horto Florestal do Córrego Grande para a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente e comercializará artigos personalizados da ONG: camisetas, ecobags, adesivos e os meus docinhos (pães de mel e brigadeiros gourmet). Tudo com renda 100% revertida para a entidade.
Deixo aqui o texto que a Ana Lucia me mandou por e-mail sobre esse evento e peço a todos que quiserem e puderem participar que passem lá e conheçam mais o trabalho que essas pessoas realizam com muito amor e carinho.


* Se chover no dia 05, o evento será transferido para o dia 19 de junho.

5 DE JUNHO - DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

"Eu também faço a minha parte"

No próximo dia 05 de junho comemora-se o "Dia Mundial do Meio Ambiente". Para marcar esta data junto aos moradores da Grande Florianópolis, estaremos realizando um evento no Parque Ecológico do Córrego Grande, das 10h às 16h, envolvendo diversas atividades. O nosso objetivo é mostrar para a comunidade, os vários trabalhos desenvolvidos por artesãos do município a partir do reaproveitamento e reciclagem de materiais que normalmente são descartados, sendo esses trabalhos fontes de renda para muitas famílias.
O evento é uma parceria com a com a direção do Parque e a Floram, que gentilmente estão nos cedendo o espaço e a estrutura operacional.
Gostaríamos de poder contar com a ajuda de cada um para a viabilização deste projeto, tão importante para a natureza e visando a melhoria da qualidade de vida da nossa população.

ATIVIDADES

EVENTO DIA 05 DE JUNHO DAS 10h ÀS 16h

-FEIRA DE PRODUTOS ECOLOGICAMENTE CORRETOS

-OFICINA DE RECICLAGEM DE PAPEL

-OFICINA DE GARRAFA PET

-DISTRIBUIÇÃO DE MUDAS AOS VISITANTES

-ATRAÇÃO MUSICAL COM MÚSICOS DA COMUNIDADE (VIOLONCELO, VIOLINO E FLAUTA)

-EXPOSIÇÃO DE FOTOS...Floripa antes/Floripa agora

-OFICINA DE SABÃO

-APRESENTAÇÃO DE YOGA E TAI-CHI

-ABRAÇO NO PARQUE

-FAMILIA CASCA- COMPOSTAGEM

-CASA ABERTA- PROJETO DA ELETROSUL

EXPOSITORES

POLPA PAPEL - reciclagem de papel

KAKOS DA ILHA- reaproveitamento de vidro

ARTE EM SÍ- reutilização dos lacres de alumínioMAGIA DAS MANDALAS- reutilização de cd's e dvd's

ARTE NA HORA - reutilização de vinil/cds/dvd's

FIBRA NATURAL- utilização de fibras de coqueiros

BAMBU DA ILHA - velas e luminárias feitas com bambu e coqueiros

OFICINA DE SABÃO - projeto FLORAM de reutilização do óleo usado

GARRAFA PET E ESCAMAS DE PEIXE- bijuterias e objetos de pet

OBA- ORGANIZAÇÃO BEM-ANIMAL



sábado, 29 de maio de 2010

Sopa creme de couve-flor

A primeira vez que comi (ou tomei) sopa creme de couve-flor foi na faculdade. Lembro do gostinho dela até hoje, deliciosa. Anotei a receita mas acabei perdendo e por esse motivo nunca mais pude saboreá-la novamente.
Esses dias, procurando uma receita parecida, achei essa. Dei uma ligeira adaptada e acrescentei um pouquinho de alho-poró.
Nesse tempinho frio, nada como uma sopinha para nos aquecer, não é mesmo?

Sopa creme de couve-flor



Ingredientes:
1 batata pequena picada em cubos
1 xícara de floretes de couve flor higienizados
2 colheres (sopa) de alho-poró em rodelas
100 ml de caldo de legumes
200 ml de leite integral
100 ml de creme de leite

Aqueça a manteiga em uma panela pequena e acrescente o alho-poró, a couve flor, a batata e deixe suar por mais ou menos 2 minutos.
Despeje o caldo de legumes e o leite e deixe cozinhar (em fogo baixo e panela parcialmente tampada) até que os legumes fiquem macios. Se precisar corrija o sal. Desligue o fogo e liquidifique a sopa.
Acrescente o creme de leite e misture bem.



quarta-feira, 26 de maio de 2010

Bolo mármore

Esse bolo é o resultado de mais uma das receitas do Pierre Hermé. Leva bastante manteiga, eu confesso, mas o sabor compensa as calorias.
Eu achei facílimo de fazer e sem duvida é o melhor bolo mármore que já comi.
Como queria um bolinho para o café da tarde eu optei por não fazer nenhuma cobertura, pois ele é delicioso assim, mas quem preferir com algo a mais pode colocar ganache de chocolate por cima ou mesmo uma caldinha de chocolate.


bolo mármore

Ingredientes*:
3 ovos
1 xícara (chá) + 5 1/2colheres (sopa) de farinha de trigo – 175g
175g de manteiga
½ colher de sopa de fermento em pó
1 xícara (chá) + 2 colheres (sopa) de açúcar – 200g
½ xícara + 1 colher (sopa) de cacau em pó peneirado – 50g

Pré-aqueça o forno a 180º C
Separe as claras da gemas. Bata as claras em neve. Peneire a farinha com o fermento e reserve.
Derreta a manteiga em fogo baixo e reserve-a numa tigela
Bata a manteiga com o açúcar, acrescente as gemas e misture bem. Adicione a farinha peneirada com o fermento e misture novamente.
Acrescente as claras em neve devagar, mexendo cuidadosamente.
Divida a massa em duas tigelas e adicione o cacau a uma delas. Misture bem e cuidadosamente.
Unte e enfarinhe uma forma de bolo inglês (22 cm de comprimento) e despeje um pouco da massa com cacau e depois a massa branca. Repita até terminar a massa das duas tigelas.
Asse por 50 minutos ou até que, espetando um palito, este saia limpo.

*Fiz uma conversão de kg para medidas caseiras para facilitar. Fonte: http://www.unirio.br/gastronomiavancada/peso.htm

sábado, 22 de maio de 2010

Doce de abóbora com coco da Palmirinha Onofre 

Quem gosta da Palmirinha e queria ter uma vovó assim? Euuuuu! Ela é uma fofa, não é? Adoro, adoro e adoro. Ela tem um jeitinho todo especial.    Assistia bastante o programa dela mas desde que mudei de casa não consigo mais ver, não passa mais esse canal na minha tv. Bom pelo menos eu mato a saudade no site ou vendo vídeos no youtube. 
Então, amiguinhas a receita de hoje é um doce de abóbora da Palmirinha, que ficou um espetáculo de bom. Faça você também, viu bonitinha? =)


Doce de abóbora com coco da Palmirinha Onofre

Ingredientes: 
1 kg de abóbora (usei aquela abóbora pescoço) 
500g de açúcar** 
1 canela em pau 
150 gramas de coco ralado (usei de pacotinho)


Coloque em uma panela grande todos os ingredientes acima, menos o coco ralado. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até formar uma calda (segundo a receita, demora mais ou menos 35 minutos).Quando a abóbora estiver desmanchado (eu dei uma ajuda e fiquei amassando com a colher) e a calda ficar grossa, adicione o coco ralado e deixe mais ou menos uns cinco minutos.

Como eu fiz ¼ da receita (me arrependi pois o doce é muito bom, então deveria ter feito a receita inteira) eu usei 250g de abóbora, 100 gramas de açúcar (coloquei menos pois fiquei com medo de ficar muito doce), a canela e 30g de coco ralado. 
**recomendaria usar menos pois eu diminuí a quantidade e ficou doce no ponto. 
Como boa devota que sou, gostaria de dizer que hoje, 22 de maio, é dia de Santa Rita de Cássia e também é o dia do abraço. Então um abraço para todos vocês!

terça-feira, 18 de maio de 2010

Bolinhos de chuva

Essa chuva só cai, cai e cai... Eu gosto do outono, ele me traz lembranças muito agradáveis da minha infância, como os bolinhos de chuva por exemplo.
Daí me bateu uma vontade de parar o que estava fazendo e ir para a cozinha preparar alguns para as crianças.
O meu filho mais velho tem verdadeira adoração pelos bolinhos e eu espero que quando ele cresça se lembre desses momentos doces.
Os bolinhos que faço não saem redondinhos pois a massa não é muito consistente mas o sabor é delicioso. Coloco um pouquinho de açúcar de baunilha e, quando sirvo com doce de leite, o meu marido adora.
Vamos espantar um pouquinho esse frio saboreando um bolinho de chuva?

bolinhos de chuva


Ingredientes:
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 ovo grande
4 colheres (sopa) de açúcar
½ colher (sopa) de fermento em pó
½ xícara (chá) de leite
1 pitadinha de sal
1 colher (chá) de açúcar de baunilha
Açúcar e canela para polvilhar
Óleo para fritar

Peneire a farinha de trigo e, em uma tigela média, bata o ovo com o açúcar até se tornar uma mistura esbranquiçada. Acrescente os ingredientes restantes e misture até ficar homogêneo.
Aqueça em uma panela o óleo na quantidade suficiente para fritar os bolinhos. Não deixe o óleo muito quente para que os bolinhos não fiquem corados por fora e crus por dentro. Com uma colher coloque a massa no óleo e vire com o auxilio de uma escumadeira dos dois lados para que fritem por igual.
Retire e escorra em um papel absorvente. Polvilhe o açúcar e a canela a gosto.



domingo, 16 de maio de 2010

Goiabinha ou beliscão?

A receita de hoje é uma das minhas bolachinhas preferidas mas confesso que foi a primeira vez que fiz. Antes eu comprava e devo dizer que essas não ficaram devendo em nada para as outras. Fiz a substituição da margarina pela manteiga e acho que o resultado foi ótimo.
A minha irmã também adorava essas bolachinhas quando criança então essa fornada eu fiz especialmente para vocês e para ela. Será que vocês gostaram?
Uma pena que ela mora tão longe (Ribeirão Preto-SP) e que vocês não vieram me visitar, então eu tive que fazer o “sacrifício” de comer tudinho... =)


goiabinha ou beliscão


Ingredientes:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
½ xícara de chá de margarina (usei manteiga)*
3 colheres (sopa) de açúcar
1 pitada de sal
200g de goiabada em pedacinhos (usei goiabada do tipo Cascão)
Açúcar e canela para polvilhar (não usei a canela)

Misture os quatro primeiros ingredientes até obter uma massa homogênea. Se necessário acrescente um pouco mais de margarina. Abra a massa, corte em quadradinhos de aproximadamente 3 cm e recheie com um pedacinho de goiabada. Junte as duas pontas diagonais e faça uma gravatinha.
Disponha em uma assadeira untada e asse em forno médio pré-aquecido**.
Polvilhe com o açúcar e a canela depois de frio.

* Precisei de 150g de manteiga, ou seja 3/4 de xícara de manteiga.

** Assei em forno a 180ºC por mais ou menos 20 minutos. Não deixe ficar muito corado pois quanto mais tempo no forno, maior a chance da goiabada derreter e queimar.
Receita da revista AnaMaria Receitas, julho de 2002.

domingo, 9 de maio de 2010

Pudim de pão

Vou começar o post de hoje desejando para nós um Feliz dia das Mães.
Perdoe meu momento egocêntrico mas hoje quero falar de uma pessoa muito importante para mim, minha mãe. Ela é a minha rocha, o meu porto seguro e sabe que eu a amo profundamente.
Também sou mãe e, graças a Deus, todos os dias eu recebo o melhor e maior presente que todas as mães querem ganhar; muitos beijos e abraços acompanhados da frase “você é a melhor mãe do mundo!”
Parabéns a todas as mamães, que o dia de vocês seja repleto de muito carinho, abraços e beijos.
Para a receita de hoje eu escolhi, entre tantas que ela faz divinamente, uma que lembra muito a comidinha da minha mãe.


Pudim de pão


Ingredientes:
2 pães (tipo francês) amanhecidos
500 ml de leite
1 xícara de açúcar
3 ovos

Opcional:
3 colheres (sopa) de uva passas sem semente
2 colheres (sopa) de Vinho tinto do Porto

Faça a calda com ½ xícara (chá) de açúcar levando ao fogo em uma panelinha até derreter e ficar da cor de caramelo claro. Acrescente a água e deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Caramelize uma forma de pudim e reserve.
Misture o leite com o restante do açúcar em uma panelinha e leve ao fogo até ferver. Pique os pães em pedaços pequenos e acrescente o leite bem quente. Misture até obter uma massa homogênea e deixe esfriar antes de acrescentar os ovos. Se desejar adicione ao pudim o vinho e as passas e misture bem antes de transferi-lo para a forma de pudim.
Asse em banho-maria por mais ou menos 30 minutos no forno a 190º C.

Fiz essa receita duas vezes e na segunda eu liquidifiquei os pães com o leite morno e em seguida acrescentei os demais ingredientes (exceto as uvas e o vinho). O pudim ficou gostoso das duas maneiras.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Bomba de doce de leite

Confesso que estou com muita saudade de ir para a cozinha e fazer uma comidinha especialmente para vocês, mas como já devem ter percebido em datas comemorativas é uma correria aqui.
Para que essa semana não passe em branco no blog, eu vou postar uma receita de bomba com a massa que fiz para os profiteroles. Ficou deliciosa e agradou em cheio até o meu marido que não é tão fã de bomba e nem de doce de leite.
Um beijinho com muito carinho para todos vocês!


Bomba de doce de leite


Ingredientes:

Para a massa (receita daqui)*:
130 ml de água

130 ml de leite
1 colher (café) rasa de açúcar
1 colher (café) rasa de sal
110g de manteiga
1 xícara (chá) + 2 colheres (sopa) de farinha de trigo - 140g
5 ovos

Para o recheio:
Doce de leite pastoso (comprado pronto)

Para a cobertura:
170 g chocolate ao leite
100 g creme de leite.

Despeje a água e o leite em uma panela; acrescente o açúcar e o sal. Misture até dissolver os ingredientes. Adicione a manteiga. Leve ao fogo e deixe ferver, mexendo com a colher de pau. Quando o liquido ferver, adicione a farinha de trigo e misture energicamente até que a massa se torne lisa e homogênea. Continue a mexer por 2 ou 3 minutos, até que a massa se desprenda da panela e resseque um pouco.
Passe para uma tigela grande. Adicione os ovos, um a um, cuidando para que o primeiro esteja bem incorporado antes de acrescentar o outro. Continue a trabalhar vigorosamente a massa, revolva-a vez por outra; ela estará pronta quando cair formando uma fita.
Pré-aqueça o forno a 190ºC. Forre uma assadeira com papel manteiga. Despeje a massa da ainda quente em um saco de confeitar com bico perlê bem largo e faça tiras grossas e compridas (fiz uns “canudinhos” de 3 cm de largura por mais ou menos uns 10 cm de comprimento).
Leve ao forno por 15 a 20 minutos. Diminua a temperatura do forno para 180 ºC e deixe assar por mais ou menos 15 minutos ou até ressecarem.
Derreta o chocolate no microondas em potência média de 1 a 2 minutos, mexendo na metade do tempo. Acrescente o creme de leite e misture bem.
Corte as bombas no sentido do comprimento e recheie com o doce de leite. Cubra com o chocolate misturado com o creme de leite.**
Leve para geladeira até firmar a cobertura e sirva em seguida.

* Dividi a massa para fazer os profiteroles e as bombas então consegui com essa receita 5 bombas. Fiz meia receita da cobertura.
**O modo correto para rechear a bomba é fazer três furos na parte debaixo da mesma e com um saco de confeitar com bico liso preencher o seu interior com o doce de leite.