quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Salmão com molho de maracujá

Adoro misturar os sabores doce e salgado em uma receita e essa é sem dúvida uma das minhas favoritas. 

salmão com molho de maracujá 



Ingredientes:

Para o molho
200g de polpa de maracujá *
2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
2 colheres (sopa) de açúcar
½ xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de amido de milho
2 colheres (sopa) de creme de leite

Em uma frigideira aquecida, coloque a manteiga (ou margarina) e despeje a polpa do maracujá. Mexa e, quando o caldo começar a ferver, acrescente o açúcar e o amido de milho dissolvido na água. Mexa constantemente até o molho engrossar, tomando cuidado para não empelotar.
Finalize o molho acrescentando o creme de leite. Sirva sobre o salmão grelhado.

Para o salmão
½ xícara de suco de laranja
½ xícara de molho de soja
2 colheres (sopa) de gengibre ralado
1 colher (sopa) de mel - utilizei apenas ½ colher
1 colher (sopa) de mostarda
4 filés de salmão
1 pitada de sal

Misture todos os ingredientes e cubra o salmão com esse molho, deixando marinar por no mínimo 30 minutos.  Depois desse tempo retire os filés da marinada e grelhe dos dois lados até que fiquem dourados.

* Fiz meia receita e 1 maracujá foi suficiente para fazer o molho. Como eu gosto do molho um pouco mais doce, aumentei a quantidade do açúcar (para meia receita eu utilizei 2 colheres (sopa) cheias).
A receita do salmão é do site GNT e a receita do molho é do Chef de cozinha Nabil Mohmoud.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013


Galette de amoras com nectarinas

Toda vez que vejo frutinhas como amora, blueberry, cerejas, ou seja, frutinhas delicadas, penso logo em acrescenta-las à uma massa bem fofinha e fazer logo um bolinho.
Acho que estou ficando até repetitiva com esse negócio de bolinhos mas se existe algo que me traz uma sensação de conforto é uma xícara de café com leite e um bolinho para acompanhar.
Para não ficar na mesmice de sempre eu preparei uma deliciosa galette. Receita inédita para o blog e algo que eu nunca havia experimentado nesses quase 30 anos de existência.
Não sei se é porque eu gosto de sobremesas quentes, com frutas, amanteigadas mas o fato é que eu adorei a galette.
Usei também nectarinas maduras e muito doces para fazer a galette e eu dividi essa gostosura com o meu marido que também aprovou a receita.

galette de amoras com nectarina



Ingredientes:

Recheio
100g de amoras
6 nectarinas maduras sem caroço cortadas em fatias
3 colheres (sopa) de amido de milho
½ xícara de açúcar
½ colher (chá) de essência de baunilha

Em uma tigela, misture o amido e o açúcar. Adicione as frutas e a essência de baunilha. Misture e deixe descansar por 30 minutos, mexendo ocasionalmente.

Massa
2 ½ xícaras de farinha de trigo
¼ colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de açúcar
1 xícara de manteiga sem sal, gelada e cortada em pedaços pequenos
¼ a ½ xícara de água gelada

Misture os ingredientes secos e adicione a manteiga em pedaços. Misture com as pontas dos dedos até formar uma farofa grossa.
Adicione aos poucos a água – talvez não precise usar tudo- até que a massa se torne homogênea (não deve ficar pegajosa e também seca demais).
Divida a massa em duas partes e embale-as separadamente com papel filme.
Leve-as para descansar na geladeira por no mínimo 1 hora ou durante a noite – eu deixei durante a noite inteira.
Retire as massas da geladeira e, em uma superfície enfarinhada e com a ajuda de um rolo de macarrão, abra-as (em formato redondo) até obter a espessura de 0,5 centímetros.
Com cuidado transfira os discos para uma assadeira grande forrada com papel manteiga.
Divida o recheio em duas partes.
Pegue uma parte do recheio e comece a distribuí-lo no centro de um dos discos, deixando as beiradas livres. Dobre as extremidades do disco, formando pequenas pregas com a massa.
Repita o processo com o disco restante.
Pincele as galettes com o ovo e salpique o açúcar cristal.
Leve-as para assar em forno preaquecido a 200 °C por 30-45 minutos ou até que as galettes estejam douradas.
Retire do forno e sirva-as mornas. 

Receita do site Smitten kitchen.
Rendimento:2 tortas que rendem 8 porções. Fiz meia receita.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Espaguete com azeitonas, anchovas e nozes

Sabe quando você bate os olhos em uma receita e acha interessante? Pois foi o que aconteceu com essa daqui.
Nunca havia experimentado uma massa com esses ingredientes juntos e isso despertou a minha curiosidade.
Aproveitei que as crianças tinham uma torta para o almoço – já que elas não iriam gostar desse tipo de espaguete - e fiz para eu e o marido experimentar.
Eu achei que deveria ter diminuído a quantidade de nozes. O marido achou que eu deveria ter colocado mais aliche. Para ambos o sabor agradou bastante.

espaguete com azeitonas, anchovas e nozes


Ingredientes:

500g de espaguete
1/3 de xícara de azeite – 90 ml
8 filés de anchovas
1 xícara de azeitona preta sem caroço e cortada ao meio – 100g
20 nozes picadas grosseiramente
Salsinha fresca picada

Em uma panela grande com água salgada, fervente, cozinhe o espaguete até ficar al dente. Enquanto a massa estiver cozinhando, em uma frigideira grande, aqueça o azeite me fogo médio. Adicione a anchova e a azeitona e mexa com uma colher de pau até que a anchova se desmanche. Em outra frigideira pequena, toste as nozes em fogo médio por três ou quatro minutos.
Escorra a massa e junte à anchova na frigideira. Acrescente as nozes e a salsinha, misture bem e sirva quente. 



Fiz meia receita e rendeu três porções.
Receita da revista Claudia Comida e Bebida, março de 2012.

domingo, 6 de janeiro de 2013

Bolinho de iogurte com compota de cereja

Começo o primeiro post do ano de 2013 desejando um Feliz Ano Novo para vocês. Que boas oportunidades, atitudes positivas, muito amor e paz coroem o nosso ano.
Para um domingo preguiçoso um bolinho bem rápido de fazer é uma ótima opção para o café da manhã.
A autora diz no livro que essa receita fica melhor no dia seguinte e eu dou toda razão para ela. É importante guardá-los em um recipiente fechado e em temperatura ambiente para que não ressequem. Dessa maneira eles ficam deliciosos!
A compota de cereja também caiu muito bem e não esperem que ela fique como uma geleia. É para utilizar a cereja com caroço e ela também não ficará muito doce pois a quantidade de açúcar utilizada é bem pequena.
Para fazer os bolinhos eu comprei avelã com casca e com um martelo do marido tirei a casca da bichinha. Mole mole. Na verdade foi o marido quem tirou. Mas como ele fez ligeirinho eu deduzi que é bem fácil :)
O problema é tirar a pele. Haja paciência! Eu fiz da seguinte maneira: coloquei as minhas avelãs (já descascadas) em uma panelinha com uma xícara e meia (chá) de água e meia colher (sopa) de fermento químico. Fervi por uns 4-5 minutos e desliguei o fogo.
Comecei então a retirar a pele das avelãs, puxando uma por uma. Depois eu levei-as para torrar um pouco no forno.  É bem chatinho esse processo.
Fiquei de butuca na frente do forno porque eu acabo esquecendo as coisas e lá se vai a avelã. Outra vez esqueci o amendoim e ele saiu de lá preto. Só lembrei dele porque a casa começou a cheirar queimado.

bolinho de iogurte com compota de cereja


Ingredientes:

Para os bolinhos
1 copo de manteiga derretida - 125g
1 copo de iogurte integral – 125g *
2 copos de farinha de trigo – 250g
1 ½ copo de açúcar - se preferir mais doce use 2 copos
2 colheres (café) de fermento químico – 11g
3 ovos grandes
Cerca de 120g de avelã triturada

Preaqueça o forno a 180 °C. Unte os ramequins fundos ou uma fôrma de cupcakes com um pouco da manteiga derretida e polvilhe um pouco de farinha. **
Em uma tigela grande misture o iogurte, o açúcar, a farinha de trigo, o fermento e a manteiga. Em seguida incorpore os ovos inteiros e misture bem. Por fim, acrescente as avelãs trituradas.
Despeje a massa nas forminhas e leve para assar por 10-15 minutos ou até que espetando um palito, esse saia limpo – o meu bolinho demorou 35 minutos para assar.
Retire os bolinhos do forno e deixe que esfriem antes de desenformá-los.

Para a compota de cereja
500g de cerejas
50g de açúcar
80 ml de água – equivalente a 1 xícara de café

Faça a compota colocando o açúcar, a cereja e a água em uma caçarola e leve à fervura, mexendo sempre. Diminua o fogo e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos.
Desligue o fogo e espere esfriar antes de servir com os bolinhos de iogurte. 




* use o copo do iogurte para medir os demais ingredientes
** eu usei a fôrma de cupcake sem colocar as forminhas de papel dentro por esse motivo eu untei e enfarinhei a mesma.
Rende 12 bolinhos.
Receita do livro 1001 Ideias de Receita Para o Ano Todo, da Larousse.