segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Penne com camarão e laranja 

Quando comecei a cozinhar eu me inspirava nas revistinhas de culinária que vendem nas bancas e até mesmo nos supermercados. Essa é uma receita adaptada da revista AnaMaria Receitas daquela época.

penne com camarão e laranja 


Ingredientes:
1 pacote de macarrão tipo penne
500g de camarão limpo
4 colheres (sopa) de manteiga
1 xícara (chá) de cebolinha picada
2 xícaras (chá) de champignon cortados em fatias
1 lata de creme de leite sem soro
Suco de três laranjas
Sal e pimenta do reino a gosto
1 colher (sopa) de amido de milho dissolvido no suco

Derreta a manteiga, junte a cebolinha e mexa até murchar. Acrescente o champignon e cozinhe por dois minutos.
Adicione o camarão e o creme de leite, misture e tempere com sal e pimenta. Deixe cozinhar por mais cinco minutos.
Acrescente o suco de laranja com o amido e ferva por mais dois minutos. Reserve.
Cozinhe o macarrão em água salgada fervente, escorra e misture com o molho.


Revista AnaMaria, 6 de maio de 2002. A receita original é Penne com camarão e laranja da Noely, mãe da Sandy e do Junior.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Camafeu de nozes com fondant

Três meses depois da desastrosa experiência com o fondant, eis que o camafeu aparece novamente por aqui. 
E agora ele vem banhado com o fondant branquinho, como manda o figurino. 
Repeti a mesma receita do camafeu que fiz em maio e a cobertura de fondat foi a Marta que me ensinou.
Estou postando exatamente como ela me enviou por e-mail. 
Fazer o fondant, dessa vez, foi mais tranqüilo!
Marta, obrigada pela receita e por dividi-la com todos nós.
Aproveito também para agradecer o Sílvio, do blog Correio Gastronômico, pelo carinho de dizer que a Especiarias é um dos Blogs de Ouro, fico imensamente feliz. Agora a Especiarias está lá, juntamente com os outros blogs que eu adoro.
Lá no Correio tem mais dicas de como fazer e trabalhar com o fondant.
Mais uma vez obrigada Marta e Sílvio.
camafeu de nozes com fondant


Ingredientes:
1kg de açúcar
600 ml de água
1 colher (sopa) de glucose de milho
gotas de limão
Leve tudo ao fogo até dar ponto de fio forte. Despeje sobre uma pedra (mármore ou granito) salpicada com suco de limão e vá juntando tudo com uma espátula, de fora para dentro, até começar a açucarar (vá mexendo o máximo possível, quebrando e voltando a juntar os torrões até que fique tudo duro demais para mexer). Guarde essas "pedras" num saco plástico bem fechado, de preferência na geladeira (dura muito tempo) e, conforme precisar, vá dissolvendo aos poucos em banho-maria, com água suficiente. Se quiser, adicione corante ou essência a gosto. 
Para banhar os doces, mantenha a panela sempre em banho-maria e, quando engrossar demais, vá pingando mais água para voltar ao ponto certo. E não bobeie para colocar a noz para enfeitar, porque ele seca quase instantaneamente.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Brownie de doce de leite

Tinha um pote de doce de leite na geladeira, um pedaço grande de chocolate no armário e uma vontade descomunal de experimentar o famoso brownie do David Lebovitz.
Eram quase dez horas da noite e quem mora em apartamento sabe que depois desse horário o silêncio predomina. Deixei até de assistir Insensato Coração para ir fazer o tal brownie. Tenho esse defeito horrível de não conseguir esperar até o dia seguinte.
Fiz o brownie, coloquei para assar e fui terminar de assistir o pouco que faltava da D. Norma.
Dona Norma vai, Dona Norma vem, começa a Grande Família e me esqueci completamente do brownie no forno. Resultado: ressecou um pouquinho.
Ai que triste, fiquei com raiva de mim mesma. Mas posso afirmar que mesmo com alguns minutos a mais de forno o negócio é muito, muito e muito bom.
Preciso repetir essa receita o quanto antes, mas dessa vez com o tempo exato de forno.*

brownie de doce de leite


Ingredientes:
8 colheres de manteiga salgada ou sem sal, cortada em pedaços – 115g
1 barra de chocolate amargo ou meio-amargo, picado – 170g
¼ xícara de cacau em pó – 25g
3 ovos grandes
1 xícara de açúcar – 200g
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 xícara de farinha de trigo – 140g
1 xícara de doce de leite.

Forre uma assadeira com papel manteiga, deixando sobras do papel nos quatro lados. Se não for possível, coloque outra folha de papel manteiga por cima, formando uma cruz.
Derreta em banho-maria (ou no micro) a manteiga e adicione os pedaços de chocolate, mexendo constantemente até que todo o chocolate derreta.
Retire do fogo e adicione o cacau em pó, mexa até misturá-lo completamente. Adicione os ovos, um a um e junte o açúcar, a baunilha e a farinha. Misture.
Coloque metade da massa na assadeira e com uma colher jogue porções do doce de leite por cima (cerca de um terço do doce de leite). Passe a ponta de uma faca para mesclar os dois.
Coloque o restante da massa e o restante do doce de leite da mesma forma. Mescle novamente com o auxílio da faca.
Leve para assar por 35-45 minutos. O brownie estará pronto quando formar uma casquinha por cima e o centro se firmar um pouco. Não é para deixar assar demais (como eu fiz),  a massa tem que ficar úmida. 

* Repeti a receita no dia 13/03/2014 e assei o brownie por 40 minutos. 
Desta vez diminuí a quantidade de farinha para 95g e gostei bastante do resultado.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Bolo de cenoura com fécula de batata e farinha de arroz

Desde que fiz os bem-casados fiquei com um pacote de fécula de batata no armário. Queria fazer algo com ela e fui pesquisar na internet uma receita de bolo. Achei essa receita de bolo de cenoura sem glúten e resolvi testá-la.
Eu vou confessar que acho bolo de cenoura a coisa mais difícil de fazer. E olha que eu já fiz vários. Tenho uma receita que até postei aqui que deu certo comigo várias vezes mas que ultimamente tem me deixado na mão.
Bolo de cenoura é mais ou menos uma questão de sorte. Fazer o quê, né?

bolo de cenoura com fécula de batata e farinha de arroz



Ingredientes:

2 cenouras médias raladas
3 ovos
1 xícara (chá) de óleo
2 xícaras de (chá) de açúcar mascavo – usei 1 ½ xícara (chá) de açúcar refinado
1 xícara de creme ou farinha de arroz
½ xícara de (chá) de fécula de batata
1 colher de (sopa) de fermento em pó para bolo

Preaqueça o forno a 180 ºC. Unte com óleo de canola e polvilhe uma assadeira com fécula de batata.
Bata no liquidificador as cenouras, o óleo, os ovos e o açúcar. Peneire a farinha de arroz, a fécula de batata e o fermento. Despeje a mistura de cenoura em uma tigela e acrescente as farinhas com o fermento.  Mexa com um fouet até misturar todos os ingredientes.

Despeje a massa em uma assadeira e leve ao forno por 35-40 minutos ou até que espetando um palito, esse saia limpo. 

A receita da cobertura é essa daqui. Utilizei o chocolate em pó Dois Frades que é isento de glúten.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Bazar da Matilha Urbana

A Marta me mandou um e-mail convidando todos nós para o terceiro bazar em prol dos animais. Eu moro tão longe mas se você mora em São Paulo não deixe de prestigiar esse evento.
Tem cada produto mais bonito que o outro, prova disso são as ecobags e os sabonetes, que fiquei até com vontade de comer, hehe.
Nesse dia eles também estarão recolhendo brinquedos para ajudar as crianças da Associação Assistencial Carlos Henrique Thomaz.
Marta, que esse bazar da Matilha Urbana seja um sucesso!



quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Sagu

A visita da minha irmã rendeu além de bons momentos, uma bacalhoada deliciosa acompanhada de um vinho muy fino. Já contei que não aprecio muito essa bebida mas a minha irmã fez questão de trazer esse vinho e passar a manhã de um domingo chuvoso cozinhando para nós.
O vinho do almoço acabou sobrando e eu fiquei com uma dó imensa de deixá-lo esquecido na geladeira. Ela vai ter um troço ao ler isso, mas acabei fazendo sagu com ele, hehe.
Fiquei pensando que se eu uso chocolate belga+ manteiga importada+leite condensado, eu faço um brigadeiro gourmet, se eu usei sagu + vinho importado, safra de anos atrás e caro, conseqüentemente eu fiz um sagu gourmet?!

sagu


Ingredientes:

Sagu- receita adaptada da Yoki

2 xícaras (chá) de vinho tinto seco
4 xícaras (chá) de água
2/3 xícara (chá) de sagu
1 xícara (chá) de açúcar
3 cravos da índia

Numa tigela, misture o vinho e a água. Coloque o sagu, mexa e deixe de molho por 1 hora.
Despeje o conteúdo em uma panela, junte o açúcar e o cravo e leve ao fogo baixo, mexendo de vez em quando, por cerca de 40 minutos ou até o sagu ficar translúcido. Deixe amornar e distribua em taças. Sirva gelado.

Creme de baunilha – receita do livro Cozinha Regional Brasileira (Rio grande do Sul), da Abril Coleções.

1 litro de leite
1 xícara (chá) de açúcar
1 gema de ovo
3 colheres(sopa) de água
3 colheres (sopa) de amido de milho
15 gotas de essência de baunilha

Em uma panela, coloque o leite e o açúcar e deixe ferver.  À parte, separe a gema, misture com a água e acrescente o amido de milho. Adicione ao leite e deixe cozinhar por 2 minutos, mexendo vigorosamente. Acrescente a essência de baunilha e retire do fogo. Deixe esfriar e sirva com o sagu.