segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Pavê de cream cheese com morango e chocolate

Um dia, assistindo Sai de baixo, vi o Caco ou a Dona Caca dizer que pavê não era doce. Doce mesmo tem que ser feito no tacho... Pavê é só camadinha, camadinha e camadinha.
Espero que vocês não pensem assim, porque esse pavê ficou bem gostosinho.


pavê de cream cheese com morango e chocolate

Ingredientes:
150gr de chocolate ao leite picadinho
Meio pote de cream cheese – 75gr
Meia garrafinha creme de leite fresco – 250gr
4 colheres (sopa) de açúcar – 50gr
1 colher (chá) de açúcar de baunilha – 4gr
8 biscoitos do tipo champagne
5 morangos grandes
6 colheres (chá) de Amarula – 30ml

Pique os morangos e triture os biscoitos (coloque dentro de um saquinho e bata com um rolo de macarrão).
Bata o cream cheese com o creme de leite e os açúcares até ficarem com uma consistência firme. Reserve.
Monte o pavê colocando uma porção de biscoito, uma colher (chá) de amarula, uma camada de creme, uma camada de morangos. Novamente coloque mais uma camada de creme, uma de biscoito umedecido com outra colher (chá) de amarula, outra de creme e finalize com o chocolate picado.
Leve para gelar por mais ou menos 30 minutos antes de servir.



Rende 3 porções como essa da foto.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Pudim de chocolate e baunilha

No site que eu peguei essa receita diz que a autoria é da Nigella. Eu gosto bastante dela, acho bem autêntica e tudo o que ela faz parece tão simples que dá vontade de ir correndo para a cozinha. Quando assisto o seu programa nunca me lembro de ter caneta e papel perto e por esse motivo sempre acabo me esquecendo dos ingredientes e das medidas.
Fiz esse pudim, que mais parece um bolinho meio mole, para a sobremesa de domingo. Entre tantas que eu havia visto, ele leva poucos ingredientes e é super fácil de fazer. E muito, mais muito bom! Sabe aquele dia preguiçoso, que você só pensa em deitar na cama e assistir televisão? Essa sobremesa é perfeita para esse dia... o pudim quentinho, com aquela fumacinha saindo e derretendo o sorvete até os dois se misturarem ... ai, ai.


pudim de chocolate e baunilha


Ingredientes:
2 favas de baunilha, ou ½ chá de essência
2 colheres (sopa) de uísque ou conhaque
125gr de chocolate picado, usei 60% cacau
125g de manteiga sem sal
4 ovos
150g de açúcar
50g de farinha de trigo

Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Corte a fava da baunilha no sentido do comprimento, retire as sementinhas e junte ao uísque.
Em uma panelinha coloque o chocolate, a manteiga e o uísque. Leve ao fogo em banho-maria e mexa até derreter o chocolate. Reserve
Bata os ovos com o açúcar com o auxilio de uma batedeira até obter com creme espumoso. Adicione a farinha (peneirada) e o chocolate. Misture delicadamente até ficar homogêneo.
Unte 4 refratários, com capacidade para 250 ml cada um, e polvilhe açúcar dentro deles.
Divida a mistura entre eles e leve ao fogo por 10-12 minutos, ou até que o topo e as laterais estejam firmes e levemente rachado.
Sirva quente, acompanhado de uma bola de sorvete de creme.


domingo, 21 de novembro de 2010

Friands de coco e limão

Depois de fazer duas receitas de quindim me encontrei com oito claras e nenhuma ideia do que fazer para usá-las. Ou melhor, a única idéia era fazer suspiro, mas sinceramente não fiquei nada animada com ela. Também não tinha farinha de amêndoas para testar uma receitinha de friands mas depois que vi essa, que não precisa, eu consegui usar seis claras.

friands de coco e limão


Ingredientes:
1 ½ xícaras (chá) de açúcar de confeiteiro - 230gr
1 xícara (chá) de coco ralado (seco) – 85gr
½ xícara (chá) de farinha de trigo – 75gr
180gr de manteiga derretida
6 claras de ovos
1 colher (sopa) de raspas de casca de limão
2 colheres (sopa) de coco ralado em flocos

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte 8 forminhas para muffins com manteiga ou margarina.
Em uma tigela peneire o açúcar de confeiteiro, a farinha de trigo e acrescente o coco ralado.
Coloque as claras em um refratário e bata rapidamente, até ficar espumosa, com o auxilio de uma batedeira ou um batedor de arame.
Adicione aos poucos à mistura de farinha, as claras batidas, as raspas de limão e a manteiga. Mexa delicadamente. Despeje a massa nas forminhas preparadas, polvilhe o coco ralado e leve ao forno por mais ou menos 20 minutos ou até que, espetando um palito no centro, esse saia limpo.* Deixe esfriar por 5 minutos antes de desenformar.


* O meu demorou 35 minutos para assar

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Bolo brasileirinho

Estamos quase no final do ano. Esses dias eu passei pelo Iguatemi e vi as luzes de Natal, logo logo a cidade estará toda enfeitada.
Já li que os anos passam rápido mas os dias são demorados... Tive essa sensação durante esse ano. Muitas coisas aconteceram e esse ano em particular tive que aprender na marra o que é ser paciente. Logo eu que sou tão ansiosa.
Estou escolhendo algumas receitinhas para o Natal e o Ano Novo mas enquanto isso eu posto uma receita de um bolinho que, na minha opinião, ficou muito gostoso.
A receita é do livro Doces Brasileiros e Azeite de Oliva Espanhol.


bolo brasileirinho

Ingredientes:
½ xícara (chá) de açúcar – 90gr
5 bananas nanicas médias, em fatias – 540gr *
½ xícara (chá) de uvas passas sem sementes – 80gr
1 colher (sopa) de canela em pó – 6,5gr
3 ovos – 150gr
1 xícara (chá) de Azeite de Oliva Espanhol – 200gr **
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo – 210gr
1 xícara (chá) de leite desnatado – 240gr
1 colher (sopa) de fermento em pó – 10gr
½ copo de melado – 140ml

Forre o fundo de uma assadeira com o açúcar, arrume as bananas, salpique as uvas passas e polvilhe a canela em pó. Reserve
Coloque no liquidificador as gemas e o Azeite e bata por 5 minutos ou até formar um creme liso.
Despeje-o numa tigela e junte a farinha de trigo e o leite. Bata (na batedeira) por mais 5 minutos. Adicione o melado e bata mais um pouco. Por fim, incorpore as claras em neve e o fermento e misture delicadamente. Transfira a massa para a assadeira com a banana.
Leve o bolo para assar em forno médio, preaquecido, por 35 minutos ou até que enfiando um palito, esse saia limpo.


* fiz dos dois modos, cortada em fatias e em rodelas. Achei o bolo mais gostoso com as bananas cortadas em rodelas.
** se preferir substitua por manteiga

sábado, 13 de novembro de 2010

Cheesecake com mirtilos e geléia de amora

Estava com vontade de fazer cheesecake para o blog há muito tempo. Hoje consegui realizar esse desejo.
Eu não sei se já contei para vocês mas eu não gosto de queijo. Tirando o queijo minas, eu não gosto de mais nenhum. Eu sei que não devemos dizer que não gostamos de algo sem ao menos ter experimentado, mas só por saber que levava cream cheese eu já erroneamente dizia que não gostava. E isso mudou depois desse brownie. Se bem que misturado com creme de leite fresco tudo fica mais gostoso, não é?
A receita original pede frutas vermelhas, como framboesa, amora e mirtilo. Eu troquei a amora por geléia, e essa em particular era tão deliciosa, cheia de pedaços graúdos da fruta que eu fiquei até feliz com essa substituição. Também não coloquei framboesa por conta da tortinha que fiz há pouco tempo.
Achei essa receita muito gostosa e espero que vocês também gostem.
Um ótimo feriadão para vocês! Aproveitem bastante e se cuidem, tá?

cheesecake com mirtilo e geléia de amora

Ingredientes

Massa:
70gr de manteiga
100gr de biscoito maizena triturado
20gr de açúcar
Manteiga para untar

Recheio:
180gr de açúcar
30gr de maizena
560gr de cream cheese
2 ovos
1 gema
80gr de creme de leite fresco
Gotas de extrato de baunilha para aromatizar
Raspas de limão a gosto
240gr de geléia de amora
150gr de mirtilos
1 ½ colheres (chá) de cognac
25gr de açúcar

Massa:
Derreta a manteiga e misture-a com os biscoitos e o açúcar.
Unte uma fôrma de 25 cm de diâmetro com uma camada bem fina de manteiga.
Coloque a massa no fundo da fôrma, pressionando bem. Não coloque nas laterais.
Leve a massa no forno preaquecido a 180ºC, para um pré-cozimento, por aproximadamente 7 minutos, ou até esteja levemente dourada.
Deixe esfriar completamente antes de colocar o recheio.

Recheio:
Peneire o açúcar com maisena. Em uma batedeira, bata essa mistura com o cream cheese, em velocidade média, até obter um composto bem cremos.
Em uma tigela, misture os ovos, a gema, a baunilha e as raspas de limão. Junte ao cream chesse aos poucos, misturando bem.
Adicione o creme de leite e misture.
Coloque essa mistura sobre a massa pré-assada.
Asse em forno preaquecido a 150ºC, por aproximadamente 50 minutos ou até que o centro comece a ficar firme, mas a torta ainda esteja clara. Se assar demais, o recheio vai rachar.Leve à geladeira por no mínimo 6 horas, de preferência de um dia para outro.

Calda:
Misture os mirtilos com o conhaque e polvilhe o açúcar por cima. Vede com papel filme e deixe descansar na geladeira por 2 horas.
Coloque a geléia de amora em uma panelinha pequena e acrescente duas colheres (sopa) de água filtrada. Leve ao fogo até iniciar fervura. Reserve.
Disponha a calda fria sobre a torta e acrescente os mirtilos. Conserve na geladeira até a hora de servir.


Receita da revista Gula, número 172


terça-feira, 9 de novembro de 2010

Quindim

Quindim é um docinho fantástico. A cor amarelinha, brilhante e o sabor delicioso fazem desse doce uma iguaria irresistível.
Esse foi o meu primeiro quindim e pelo trabalho que tive acho que não farei tantas vezes como gostaria. Na verdade é o segundo porque o primeiro foi um desastre. Credo, nunca vi um negócio que é tão rápido de se fazer ser tão complicado! Doce ilusão a minha de pensar que fazer quindim é o mesmo que fazer um pudim.
Esse quindim ficou muito, mais muito bom. Não tem cheiro nenhum de ovo. A receita é do site do açúcar União e como eu li bastante sobre quindim, eu peguei algumas dicas para que não ocorresse o mesmo probleminha que tive com o primeiro. Fiz apenas 1/3 da receita e me rendeu essa forminha das fotos, que é ótimo para duas pessoas se deliciarem.


quindim

Ingredientes:
2 ½ de chá de açúcar (eles sugerem Doçúcar, mas eu usei o refinado mesmo) – cerca de 500gr
1 ½ xícara (chá) de água – 300 ml
1 colher (sopa) de manteiga – 20gr
1 pacote de coco ralado seco – 100gr
1 xícara (chá) de água quente para hidratar o coco
16 gemas

Em um refratário hidrate o coco ralado com a água e reserve.
Em uma panelinha, coloque a água e o açúcar para fazer a calda. Mexa antes de levar ao fogo, apenas para dissolver o açúcar. Não mexa durante o cozimento pois pode açucarar a calda. Deixe ferver até atingir o ponto de fio grosso.* Junte a manteiga e deixe esfriar.
Passe as gemas pela peneira e bata com o auxilio de uma batedeira por 2 minutos. Acrescente o coco ralado e a calda e misture bem. Deixe descansar por três horas (deixei na geladeira).
Preaqueça o forno a 180 ºC. Unte um refratário grande ou várias forminhas individuais com manteiga e polvilhe açúcar refinado. Se preferir use glucose de milho (Karo) no lugar de ambos.
Cubra as forminhas ou o refratário com papel alumínio e leve para assar em banho-maria por mais ou menos 50 minutos. Retire do forno e deixe esfriar antes desenformar.
Sirva gelado.


*achei nesse site uma dica bem importante para saber a temperatura das caldas. Para essa em ponto de fio grosso, o termômetro marcou 106 ºC

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Roméo et Juliette

Tenho um caso de amor pelo queijo acompanhado da goiabada desde que eu era pequena. Essa era minha sobremesa favorita.
Quando vi essa receita na revista Prazeres da Mesa (número 25), de autoria do chef francês Emmanuel Bassoleil sabia que só poderia ficar deliciosa. E não me enganei.
Dá até para fazer com cream cheese no lugar do mascarpone, caso não encontre.
Como não tinha o acetato para forrar o aro, eu utilizei filme plástico. 

Roméo et Juliette


Ingredientes:
300gr de queijo mascarpone
300 ml de creme de leite fresco
300gr de goiabada
300gr de açúcar
300gr de xerém de caju

Para a calda
500ml de água
300gr de goiabada

Bata o mascarpone com o creme de leite até ficar firme. Reserve. Corte as fatias de goiabada. Reserve.
Com o açúcar, faça um caramelo, acrescente o xerém e espalhe em uma fôrma untada com manteiga, deixe esfriar e quebre para fazer o crocante.
Forre um aro com uma tira de acetato para facilitar na hora de desenformar o doce. Coloque uma camada de goiabada, crocante, queijo, mais uma camada de cada um e finalize com o queijo. Leve para gelar.
Derreta a goiabada na água para fazer a calda. Em um prato, coloque o doce no meio, a calda á volta, raspe um pouquinho da casquinha de limão e decore com hortelã. 


Rende 6 porções.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Tortinha de chocolate com framboesa

Já contei para vocês sobre o meu ídolo Pierre Hermé, mas vou confessar que quando provei essa tortinha só conseguia pensar no Fagner: ...Eu só queria ter do mato, um gosto de framboesa...
Ui que coisa mais azeda!!!!
A massa é deliciosa mas o recheio eu não vou mentir e dizer que é um pouquinho azedo. É muito (ou muitissississíssimo, como diria o Chaves) azedo. Para quem aprecia, eis que acaba de encontrar a torta perfeita. Eu ficaria só no chocolate mesmo.
A receita é do livro Larousse do Chocolate Pierre Hermé e o criador da receita é Thierry Mulhaupt.*
Como não encontrei framboesas frescas, eu comprei congeladas. Por esse motivo não fiz a decoração que a receita original pedia, mas posso afirmar que não fez nenhuma falta... ui!

Atualização: Quase três anos depois eu refiz esta receita e utilizei framboesas frescas. Posso afirmar que as tortinhas ficaram deliciosas desta vez. O azedinho do recheio ficou bem mais sutil. 

ortinha de chocolate com framboesa


Ingredientes:

Para 600g de massa**
¼ de fava de baunilha
150g de manteiga em temperatura ambiente
95gr de açúcar de confeiteiro
250g de farinha de trigo
2 pitadas de sal
1 ovo
30g de amêndoas moídas

Para o recheio
100 ml de creme de leite fresco
125g de framboesa
135g de chocolate em barra com 60% de cacau (ou meio amargo)
35g de manteiga em temperatura ambiente

Prepare a massa da torta: Abra a fava de baunilha ao meio e raspe os grãos. Corte a manteiga em pedacinhos e coloque em uma tigela.
Em outra tigela, misture os grão de baunilha e o açúcar de confeiteiro.
Peneire a farinha de trigo sobre a superfície de trabalho. Polvilhe com o sal e espalhe os pedacinhos de manteiga; a massa não deve ficar texturizada.
Faça uma cova no centro dessa mistura e quebre o ovo no meio dela. Em seguida, adicione o açúcar com baunilha e as amêndoas moídas. Com as pontas dos dedos, misture os ingredientes sem amassá-los demais.
Com a palma da mão, esmague a massa empurrando-a. Forme uma bola e embrulhe em filme PVC. Leve à geladeira e deixe descansar por, no mínimo, 4 horas.
Para preparar essa massa use, de preferência, uma pia de mármore ou uma tábua. Além disso, trabalhe a massa o menos possível.
Em seguida, unte uma fôrma de 22 cm de diâmetro. Distribua a massa na fôrma e espete-a com um garfo em vários pontos. Deixe gelar por 30 minutos.
Preaqueça o forno a 180ºC.
Prepare o recheio. Leve o creme de leite ao fogo e espere levantar fervura. Triture as framboesas no liquidificador e ferva o suco. Pique o chocolate com uma faca serrilhada e coloque em uma panela para derreter em banho-maria. Adicione o creme de leite quente ao chocolate. Acrescente o suco de framboesa e mexa até obter uma mistura lisa. Corte a manteiga em pedacinhos e incorpore a misture.
Cubra a massa fria com um disco de papel manteiga e espalhe alguns feijões para fazer peso e evitar que a torta estufe. Leve ao forno e deixe assar por 17 minutos. Retire o papel manteiga com os feijões. Desenforne e espere esfriar. Cubra a massa com o recheio e leve para gelar por 1 hora antes de servir.


* A receita original é Torta de chocolate com framboesa e vinagre balsâmico
Depois que colocar o recheio na massa, espete as framboesas (150g) com a parte da fruta em que fica o cabinho para cima. Deixe gelar por 1 hora antes de servir. No ultimo instante, encha a parte do cabinho com algumas gotas de vinagre balsâmico (20 ml) utilizando um conta-gotas ou uma colherinha.

** você só irá usar 250g de massa para fazer uma torta de 22 cm de diâmetro ou 4 tortinhas de 10 cm de diâmetro cada.