quarta-feira, 24 de março de 2010

Cocada de maracujá

Tarde de sábado, vontade de comer um docinho, coco e maracujá na geladeira e... Vamos fazer uma cocada!
Nunca tinha feito e procurei no google uma receita que fosse fácil, rápida, com “cara” de gostosa e encontrei essa.
Ela é diferente das cocadas que eu já comi, ela fica mais úmida e por levar um maracujá inteiro para 300 gramas de coco, tem bastante semente. Você morde e elas fazem crec crec, uma delícia só!
A única modificação que fiz foi colocar ½ xícara de água porque eu fiquei com medo do suco do maracujá secar antes dos dez minutos de cozimento. Na minha opinião não interferiu em nada.

Cocada de maracujá


Ingredientes:

300grs de coco ralado fresco
3/4 xícaras (chá) de açúcar
3/4 xícara (chá) de polpa de maracujá (com sementes)
½ xícara de chá de água

Leve ao fogo baixo, a polpa de maracujá com as sementes, o açúcar e a água. Cozinhe de 7 a 10 minutos até que o açúcar derreta. Acrescente o coco e sem parar de mexer cozinhe por mais ou menos 10 minutos ou até que todo o liquido tenha secado mas a cocada esteja úmida.
Separe porções de cocada e coloque em uma assadeira ou prato untado com margarina.*
Deixe esfriar para que ela endureça um pouquinho e os flocos de coco se unam. Pode ser guardada na geladeira se preferir.


* eu peguei porções da cocada com uma colher, coloquei na assadeira e com a mão fui modelando-a, mas a Verena deu a seguinte dica para modelar a cocada: Com duas colheres, usei de sobremesa, faça movimentos como se fosse fazer bolinho de arroz ou bacalhau. Muito obrigada Verena por dividir essa receita conosco e autorizar a sua publicação aqui na Especiarias.


sexta-feira, 19 de março de 2010

Cookies de Chocolate

Estava testando algumas receitas de cookies que agradassem o paladar difícil do meu filho mais velho e de repente saiu essa:

Cookies de chocolate


Ingredientes:

1 xícara (chá) + 2 colheres (sopa) de farinha de trigo- 140grs
½ xícara (chá) + 1 colher (sopa) de açúcar mascavo- 102grs
2 colheres (sopa) de açúcar refinado- 25grs
1/3 xícara (chá) + 1 colher (sopa) de manteiga- 85grs
1 ovo
1/3 xícara (chá) de chocolate em pó- 30grs
100grs de chocolate meio amargo picado ou gotas de chocolate (60% cacau)
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de baunilha

Pré-aqueça o forno em 180ºC. Forre uma assadeira baixa com papel manteiga.
Bata com o auxilio da batedeira a manteiga (em temperatura ambiente) com os dois açucares até ficarem bem misturados. Acrescente o ovo e bata até ficar uma mistura esbranquiçada e homogênea.
Acrescente a farinha, o bicarbonato e o fermento e mexa cuidadosamente com uma espátula até agregar todos os ingredientes.
Leve para geladeira por uns 10 minutos e com uma colher tire porções da massa e enrole. Coloque na assadeira deixando uns 5 centímetros de distância uma bolinha da outra. Asse de 20 a 25 minutos.
Depois de tirar do forno deixe os cookies descansarem em uma grade ou caso não tenha utilize um prato grande cuidando para que eles não se sobreponham.


*É normal que os cookies saiam do forno com as beiradas mais duras que os centros, só depois de esfriarem que eles ficam crocantes. Você pode usar cacau em pó no lugar do chocolate em pó.
A quantidade de fermento é mínima.
É muito importante conservar os cookies em um pote hermeticamente fechado para que não amoleçam e percam a crocância. Consegui 22 cookies usando uma colher de sobremesa para fazer as porções.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Pavlova de chantilly, pêssego, kiwi e uva e agradecimentos

Fiz essa Pavlova para agradecer as centenas de acessos que a Especiarias teve no último post, recebi muitos e-mails carinhosos de pessoas que eu não conhecia e que hoje tenho um sentimento muito especial por elas. Quando comecei esse blog não imaginava que tão cedo pessoas de várias partes do Brasil pudessem conhecê-lo. Pessoas de Brasília, Campinas, São Paulo, da minha saudosa Ribeirão Preto, Serrana, da linda Floripa que me acolheu de braços abertos, Chapecó e várias outras cidades... Muitíssimo obrigada!Essa Pavlova é super fácil de fazer, o problema é assá-la sem que fique corada. Para isso a temperatura do forno não deve ultrapassar 150ºC. Como a temperatura mínima do meu forno é 180ºC, eu não pré-aqueci e a cada 4 minutos eu desligava e deixava-a assando e depois ligava novamente e assim foi até ficar pronta. Se a temperatura do seu forno for mais baixa, melhor, porque ela irá ficar mais bonita.

Pavlova de chantilly, pêssego, kiwi e uva

Ingredientes:
3 claras grandes
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de vinagre
1 colher (chá) de amido de milho
1 xícara (chá) de creme de leite fresco
3 colheres (sopa) de açúcar
1 kiwi descascado e cortado em pedaços pequenos
1 xícara de uva lavada
½ lata de pêssego em calda

Pré-aqueça o forno em 150ºC.
Bata as claras até obter picos moles. Junte o açúcar aos poucos, sem parar de bater, até formar picos firmes. Adicione o vinagre e o amido de milho e bata.
Forre uma forma com papel manteiga e marque um circulo de 29 cm de diâmetro.*
Preencha todo o circulo demarcando com o merengue, leve ao forno baixo por 50 minutos ou até que o suspiro esteja firme. Deixe o suspiro esfriar dentro do forno desligado. Depois de frio transfira-o para um prato de serviço.
Bata o creme de leite com as 3 colheres de açúcar em ponto de chantilly. Cubra o suspiro com o chantilly, arrume as frutas por cima e sirva.
Rende 4 porções.

* fiz duas pavlovas de 10 cm de diâmetro cada e 4 com 5 cm de diâmetro com essa mesma receita. Preferi fazer dessa maneira por causa da temperatura do meu forno, assim elas ficaram assadas e não ficaram tão coradas. Você pode usar frutas de sua preferência.
A receita e o modo de preparo da Pavlova são da revista
Claudia Comida e Bebida, junho de 2009.

sábado, 13 de março de 2010

Caracol de presunto e queijo

Não sei cozinhar comida salgada, faço somente o trivial e nada mais. Adoro uma torta de carne moída com passas que a minha mãe faz e, por mais que ela tenha me dito umas cem vezes como se faz, eu simplesmente não consigo.
Mas esses caracóis eu consegui! Deu um trabalho danado sovar a massa, pois ela estava mole demais. Aguentei firme e forte a vontade absurda de tacar uns cinco quilos de farinha para ver se dava o ponto. No final deu tudo certo, a massa é macia e meio adocicada e o recheio é bem simples, mas muito gostoso. Simplesmente amamos!
A receita original é do Felipe Abrahão, mas eu dei uma leve modificada: substituí a água por leite morno e não coloquei azeitonas no recheio porque o meu pequeno não gosta ;)

caracol de presunto e queijo


Ingredientes:
1 ovo batido para pincelar
100g de queijo ralado para colocar nas laterais

Massa
500g de farinha de trigo 
50 g de fermento biológico fresco
100g de margarina 
100g de açúcar - diminuí a quantidade para 70g 
2 ovos
50g de queijo parmesão ralado bem fino
1 pitada de sal
1 pitada de vanilina
1 copo de água – substituí por leite *

Recheio
200g de margarina para folhar
180g de requeijão cremoso
400g de queijo prato
400g de presunto
100g de azeitonas verdes – não coloquei

Modo de preparo:
Em uma vasilha ou na batedeira, faça uma massa com 100g de farinha e 50g de fermento e um pouco de água (dissolvi o meu fermento no leite morninho e depois juntei a farinha).
Deixe descansar por 10 minutos. Após este descanso, adicione o restante dos ingredientes e faça uma massa bem macia e lisa.
Deixe descansar, coberta com um filme plástico durante 10 a 20 minutos.
Após o descanso, abra a massa com ajuda de um rolo, na forma de um quadrado, passe a margarina sobre a massa, feche-a em três partes iguais, uma sobre a outra.
Abra a massa novamente e passe o requeijão cremoso, coloque o queijo, as azeitonas picadas e o presunto. 
Enrole como um rocambole e corte com uma espessura de 3 cm. Coloque em uma bandeja e deixe descansar por 10 min.
Pincele com o ovo batido e coloque o queijo parmesão. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180 °C.*

Rendimento: 12 unidades.



* Eu dissolvi o fermento no leite morno e coloquei a farinha dentro de uma tigela grande e fiz uma depressão no centro. Acrescentei o fermento dissolvido e os demais ingredientes e mexi primeiramente com um garfo até que todo o liquido foi incorporado. Transferi a massa para uma superfície polvilhada com farinha e comecei a sovar. 
Não contei ao certo o tempo de forno, mas deve ser algo em torno de 30 minutos, a massa fica bem corada quando os caracóis estão prontos.

domingo, 7 de março de 2010

Bolo de laranja

Esse bolo de laranja é bem fofinho e a ideia de fazê-lo surgiu esta semana quando estávamos, eu e o meu pequeno, em casa. O dia estava ameaçando uma chuva e eu já quase sem ideia do que fazer para nos distrairmos, sugeri que fossemos até a cozinha assar um bolo. Ele se divertiu espremendo as laranjas e eu me diverti com a sua companhia... E o bolo ficou muito bom!

Bolo de laranja



Ingredientes (xícara medidora de 200ml):
100gr de manteiga
1 xícara (chá) de açúcar
3 ovos
2 xícaras (chá) + 1 colher (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) suco de laranja
Raspas de uma laranja
1 colher (sopa) de fermento em pó

Pré-aqueça o forno a 180 °C.
Com auxilio da batedeira bata o açúcar e a manteiga até formar uma mistura esbranquiçada. Junte as gemas uma de cada vez e continue batendo até ficar homogêneo. Acrescente aos poucos a farinha de trigo (peneirada com o fermento) à mistura, intercalando com o suco de laranja. Bata as claras em neve e junte a massa.
Asse em uma forma untada e enfarinhada (22 cm de diâmetro) de 35 a 45 minutos ou até que espetando um palito, este saia limpo.


* Fiz uma calda com 1 xícara (chá) de suco de laranja, 1 colher (chá) de amido de milho (dissolvido no suco de laranja) e 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro. Levei-a ao fogo até começar a engrossar e reguei o bolo ainda morno com ela.
Trouxinha de maçã com canela

Hoje dei um tempo no chocolate, afinal trabalho com ele todos os dias. Resolvi que de sobremesa do almoço de domingo iríamos saborear uma gostosa trouxinha de maçã.
Não sabia como fazer massa folhada, mas um dia assistindo um programa de culinária na televisão, vi a apresentadora fazendo com a maior desenvoltura e pensei: Por que não arriscar?
Arrisquei e deu certo. A massa fica ótima e não é nenhum “bicho de sete cabeças”, basta sovar e sovar, dobrar, dobrar e dobrar... (cinco vezes!). Um ótimo exercício para depois saborear sem culpa essa delícia.

Trouxinha de maçã com canela

Ingredientes:

Massa (daqui)
1/2 kg de farinha de trigo
1/2 colher (sopa) de sal
1/2 colher (sopa) de açúcar
320ml de água gelada
300gr de margarina especial para folhados

Em uma tigela coloque a água, o sal e o açúcar.
Adicione parte da farinha até formar uma massa pegajosa.
Coloque o restante da farinha sobre a mesa e despeje a massa.
Sove a massa até que tenha incorporado toda a farinha.
Cubra com um plástico e deixe descansar por uma hora.
Polvilhe a mesa com farinha, coloque a massa e abra em formato retangular.
Espalhe a margarina em dois terços da massa.
Cubra a metade da placa de margarina com a massa.
Feche a massa formando assim uma dobra de três. (1ª dobra)
Abra a massa novamente fazendo mais uma dobra de três. (2ª dobra)
Após o descanso abra a massa e faça mais uma dobra de três (3ª dobra).
Repita até completar cinco dobras de três.
Cubra com plástico e leve para a geladeira por uma hora.

Recheio de maçã
2 maçãs
3 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
1/2 colher (chá) de canela
1 colher (chá) de amido de milho
2 colheres (sopa) de água

Coloque em uma panelinha a manteiga e as maçãs picadas em cubinhos e sem as cascas. Mexa bem devagar até derreter a manteiga e depois junte o açúcar e a canela. Cozinhe até as maças ficarem macias (mais ou menos de 4 a 6 minutos). Adicione o amido de milho dissolvido na água e mexa por mais uns 30 segundos.

Montagem:
Abra a massa e corte em quadrados. Coloque uma porção do recheio e pincele água nas bordas para selar a massa. Una as pontas formando uma trouxinha. Leve para descansar na geladeira (isso é recomendado para que na hora do cozimento as pontas não se abram) por mais ou menos uns 20 minutos.
Pincele as trouxinhas com uma gema de ovo batida e leve ao forno pré-aquecido a 180C°. Asse até ficar a massa ficar dourada. Sirva morna polvilhada com açúcar e canela.


* Fiz meia receita da massa e cortando em quadrados de 12x12 consegui 8 trouxinhas. A quantidade de açúcar do recheio é o que eu recomendo mas convém experimentar um pouco o mesmo e se preferir adicionar mais.

terça-feira, 2 de março de 2010

Merengue de chocolate ao creme de morangos

Difícil achar alguém que não goste de morangos com chantilly, ainda mais com finas lâminas de chocolate... 
Achei que ela seria uma sobremesa perfeita para agradar o meu marido e acertei. Ele adorou!

merengue de chocolate ao creme de morangos


Ingredientes:
250gr de chocolate em barra
300ml de creme de leite fresco*
4 colheres (sopa) de açúcar
400gr de morangos
1 ramo de hortelã
2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro

Pique o chocolate e derreta-o numa vasilha metálica em banho-maria. Espalhe-o sobre uma folha de papel-manteiga com o auxílio de uma espátula, de modo a obter uma placa fina e regular. Deixe esfriar.**
Enquanto isso, bata o creme de leite com o açúcar. Lave e seque os morangos, pique a maior parte deles em cubos pequenos. Corte os demais em gomos no sentido do comprimento e reserve-os para a decoração. Misture os morangos picados com o creme batido em chantilly, mexendo delicadamente de baixo para cima para manter a aeração.
Com uma faca fina ligeiramente aquecida, corte a placa de chocolate em 16 retângulos de 8x12. Coloque o primeiro retângulo de chocolate sobre o prato de servir e cubra com o creme de chantilly com morangos. Continue da mesma maneira até terminar todos os ingredientes, formando um mil-folhas com camadas de chocolate alternadas com o creme de chantilly com morangos.
Finalize com uma placa de chocolate e decore a superfície com os gomos de morango. Salpique com açúcar de confeiteiro e enfeite com folhas de hortelã lavadas e secas.


*Usei creme de leite pasteurizado.
** Se preferir derreta o chocolate no micro-ondas em potência média. Eu fiz as lâminas de chocolate derretendo o mesmo e temperando-o. Levei à geladeira para endurecer. Uma receita inteira, segundo a publicação, serve 4 pessoas.

Fonte: Livro Bolos, Merengues e Tortas Doces, coleção A Grande Cozinha.